Archive for Março 2010

Cor, tanta cor...

Com o calorzinho e o sol que tem estado nos últimos dias, tudo ficou florido. Apontamentos de cor que nos deixam com um sorriso nos lábios e nos fazem respirar fundo para melhor sentir o aroma...











Invariavelmente, o respirar mais fundo faz-me desatar a espirrar, mas isso é um pequeno pormenor negativo perante os muitos pormenores coloridos... Atchimmmm.

Posted in | 1 Comment

Beloura

Bem pertinho da Serra de Sintra, fica a Beloura. Caminhando um pouco pelas redondezas, encontram-se recantos como estes, que fazem com que se imagine estarmos num outro lugar qualquer, longe das moradias de luxo e dos office parks.











Bonito, sim senhor...

Posted in | Leave a comment

Bolo de Abóbora & Tangerina

A última abóbora trazida do Alentejo foi aberta. Foi sopa. Foi acompanhamento. Foi bolo. :D
A massa rendeu bastante, e eu pensei que seria melhor dividir por duas formas. Mal pensado. Não cresceu muito e como resultado, duma forma resultou uma espécie de rosca gigante, da outra forma resultou um bolo de aspecto normal... de sabor suave.



Quando trinquei a primeira fatia, fiquei com a sensação que faltava qualquer coisa, qualquer sabor de contraste. Chocolate. Eu sei, sou gulosa, mas resultou às mil maravilhas.





800 g de abóbora
4 tangerinas
150 g de açúcar mascavado
80 g de amêndoa moída
100 g de manteiga
120 g de farinha
3 ovos
1 colher de chá de fermento em pó

Cortei a abóbora em pedaços pequenos para um tacho e juntei a manteiga, a raspa e o sumo das tangerinas. Levei o tacho ao lume até a abóbora ficar cozida, reduzi a puré e deixei arrefecer.
Bati as gemas com o açúcar, juntei a farinha, o fermento, a amêndoa moída, e o puré da abóbora. Misturei muito bem e adicionei as claras batidas em castelo.
Barrar com manteiga um forma, deitar dentro o preparado e levar ao forno a 200 graus, para cozer durante 1 hora (verificar com um palito).
Desenformei. Decorei com aquele chocolate vindo da Holanda.
Comi. Comi. Comi. Nhamm

Posted in | 1 Comment

Palácio dos Anjos

O Palácio dos Anjos em Algés é um espaço muito agradável. O seu restauro, aliando o antigo e o moderno, está em termos arquitectónicos muito bem conseguido. Espaço de arte, que convida a um passeio por entre os canteiros de aromáticas, a tomar um café na esplanada, a ler o jornal num dos muitos recantos, a ver as exposições no Centro de Arte Manuel de Brito...













Foi o que fiz assim que o Sol se lembrou de apareçer...

Posted in | Leave a comment